8 de May de 2020 plenocao

Bom, essa é uma pergunta que muitas pessoas estão fazendo. A recomendação para todos é: se possível, fique em casa. Por outro lado, entendemos que esse super confinamento pode causar problemas comportamentais e de saúde para os cães, principalmente para aqueles com muita energia e que estavam acostumados a uma intensa rotina de atividades fora de casa todos os dias, como ir ao parque, day care, longos passeios.

Nesse caso, uma maneira de minimizar o risco de levar o vírus para sua casa e também evitar que seu cão fique extremamente entendiado, pode ser diminuir em frequência  e duração  os passeios na rua. Por exemplo, se o seu cão estava acostumado a passear duas vezes por dia, saia com ele apenas uma vez ao dia. Se você saia uma vez por dia, passeie a cada dois dias e, para compensar um pouco, intensifique a interação com seu cão dentro de casa, praticando atividade física com brincadeiras como: buscar e trazer a bolinha, cabo de guerra, circuito de “agility” feito com móveis e objetos de casa, além de sessões de treinamento de comandos de obediência e truques.

Se o seu cachorro só faz xixi e cocô na rua, a frequência não deve ser alterada, mas a duração dos passeios pode ser menor.

Lembre-se: ao sair para caminhar, é muito importante tomar alguns cuidados:

  • As pessoas do grupo de risco devem permanecer em casa e não sair com o cão. Se outra pessoa for sair com o cão, o cuidado durante e depois do passeio devem ser redobrados.
  • USE MÁSCARA ao sair de casa.
  • Passeie numa rua tranquila, evite aglomeração de pessoas e outros cães.
  • Durante o passeio, não pare para conversar com as pessoas e, principalmente, não permita que as pessoas toquem no seu cachorro. Não é possível saber se os outros estão seguindo as recomendações de higiene do ministério da saúde.
  • Ao voltar para casa, higienize os pertences do seu cão (coleira, guia e tudo o que você levar) e também faça uma limpeza do seu cachorro com álcool 70 (caso seu cão tenha algum problema de pele, alergias ou seja sensível à produtos de limpeza, consulto o médico veterinário do seu cão para saber se o produto pode ser utilizado nele e tome cuidado com a área dos olhos, boca e nariz), água e sabão ou , se possível, dê um banho.

Ponto importante:  faça a higienização do cão antes de deixar ele entrar em casa. Para isso, deixe todos os produtos a serem usados ​​próximo ao local de entrada da casa.

Cuide de si para cuidar de todos 🙂

Cintia Magrini
Graduanda em Psicologia, comportamentalista e educadora de cães.

, , , , ,

FALE COM A GENTE

Sinta-se a vontade para entrar em contato com a gente
para informações, dúvidas e sugestões sobre qualquer assunto.